sábado, 27 de setembro de 2008

PERSPECTIVAS DO CONTATO

Cada ser tem uma ligação única com o universo à sua volta.
Esta experiência pessoal, é um fator de desenvolvimento da inteligência, pois se fôssemos como uma colméia de abelhas, uma alma grupal, não teríamos a oportunidade de experimentar, a fim de aprender, e usar esta experiência como um fator de desenvolvimento pessoal.
O problema é que pelos traumas acumulados, o ego criou uma crosta, que hoje precisa ser dissolvida, para que as experiências vitais de cada indivíduo sejam revertidas em favor da coletividade, não representando isto a anulação do indivíduo, mas uma forma de fazer a vida ser mais leve para a comunidade global.

Em se tratando das coletividades cósmicas, isto representa uma evolução ainda maior, pois é a oportunidade para receber informações de povos com muita cultura e desenvolvimento tecnológico, tornando possível uma vida muito mais dinâmica e compensadora para todos.

No entanto, o homem precisa resolver suas questões internas, a fim de se abrir aos contatos desta natureza. O povo da Terra ainda não aprendeu sequer a funcionar como um "planeta unido", como esperar que sintam a unicidade em relação aos povos extraterrestres?

Daí muito dos temores gerados no inconsciente coletivo, frente a possíveis invasões de extraplanetários. São traumas do desenvolvimento incompleto, onde a voz das vidas sucessivas, em meio às invasões bárbaras, continua falando na intimidade do ser.

Por isto a humanidade vem sendo preparada à muito tempo, com a vinda de seres que pregavam e exemplificavam o amor e a compaixão.
Porém, esta lição ainda não foi aprendida pela maioria.

No entanto, sabemos que os movimentos da vida estão conduzindo os povos da Terra à uma maior solidariedade, e isto é mais verificado após a ocorrência dos desastres naturais.

Então, tudo indica que num dado momento os humanos deixarão cair suas barreiras psicológicas, e se tornarão receptivos, em larga escala, ao bem resultante da reunião com outros povos da nossa família cósmica.

Um comentário:

Mago disse...

Realmente, o fator ALIENÍGENA, para nós terrestres, é o mais profundo elemento REVOLUCIONÁRIO, pois faz ruir todas as estruturas dos sistemas que sustentam nossa civilização.